Porto Real RJ

A origem do nome Porto Real está na constante presença da Família Real, que costumava fazer uma parada no lugarejo nos períodos de veraneio, quando chegavam de Petrópolis. 
A viagem era feita de trem até o povoado de Floriano (hoje, distrito de Barra Mansa), depois eles subiam de barco o Rio Paraíba do Sul até um pequeno porto às margens do rio. Daí, o nome Porto Real. Porém, as terras que hoje pertencem a Porto Real tiveram sua colonização efetivamente iniciada no final do século XIX, em princípios de 1875, quando chegaram ao Brasil, a convite de D. Pedro II, os primeiros imigrantes italianos. As 50 famílias de colonos italianos tinham como destino Santa Catarina, mas uma epidemia de febre amarela no Rio de Janeiro obrigou-as a permanecerem em quarentena em Porto Real. Passado esse período, foi requisitada ao governo a permanência dessas famílias na região, dando início à primeira colônia italiana do Brasil. A colônia continuou crescendo, tornando-se Porto Real o distrito mais importante do município de Resende. Surgiu então a necessidade de uma autonomia político-administrativa, que fez surgir o movimento pró-emancipação. Em 5 de outubro de 1995, foi realizado um plebiscito, onde a população decidiu pela emancipação do município. A criação do município foi oficializada em 28 de dezembro do mesmo ano, com a assinatura da Lei 2.494, pelo então governador do Rio, Marcello Alencar. Em 3 de outubro de 1996 ocorreu a primeira eleição municipal e, em 1º de janeiro de 1997, o município foi instalado com a posse do então prefeito e seu vice.
 Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores

Uma bela construção datada de 1910, a igreja em estilo neoclássico foi edificada no centro da colônia para abrigar a imagem de Nossa Senhora Das Dores, que os primeiros imigrantes trouxeram da Itália em 1874. Na parte externa existe uma cancha para a prática da boccia, um jogo de origem italiana, ainda muito praticado pelos descendentes.

Antiga Usina Açucareira

Para beneficiar a cana-de-açúcar produzida no município, foi criada a Açucareira Porto Real. Primeira indústria local, produzia açúcar cristal, açúcar refinado, álcool e a cachaça Manda Brasa, transformando-se mais tarde na Companhia Fluminense de Refrigerantes. Ainda hoje, preserva suas características originais e tornou-se um cartão postal da cidade.

Maiores informações: http://www.portoreal.rj.gov.br/

Nenhum comentário: