Fazenda Santa Justa - Rio das Flores RJ


Fundada em 1820, a Santa Justa foi adquirida por Jacinto Alves Barbosa, o Barão de Santa Justa, em 1862. Anteriormente a fazenda pertenceu à família Belens. O Barão de Santa Justa chegou a possuir cerca de 2.000 escravos e a exportar 50.000 arrobas de café. Foi proprietário dentre outras, das fazendas Santa Justa, São Fidélis, São Filipe e Monte Cristo, situadas nos municípios de Valença, Rio das Flores, Três Ilhas e Paraíba do Sul. Após sua morte, em 1872, a Fazenda foi herdada por um de seus nove filhos, Francisco Alves Barbosa, o segundo Barão de Santa Justa. Francisco, juntamente com sua mãe, a Viscondessa Bernardina Silveira Alves Barbosa, administraram as fazendas até a morte de Francisco em 1883. Com a morte do segundo Barão, José Alves da Silveira Barbosa, o terceiro Barão de Santa Justa, assumiria a fazenda. José Alves foi Coronel da Guarda Nacional, e recebeu o título em 1886. Com arquitetura original, a Santa Justa, uma das mais belas propriedades rurais, foi salva da ruína pelo atual proprietário. A fazenda não está aberta a visitação.

Localização: Rodovia RJ 151, 2º distrito, Manuel Duarte

2 comentários:

Anônimo disse...

A fazenda eh lindissima que maravilha os atuais proprietarios recuperarem uma verdadeira joia do seculo XIX. Parabens.

Anônimo disse...

coloca a fazenda no site airbnb.com.br