Fazenda São Luiz - Valença RJ

Construída na primeira metade do século XIX, a São Luiz foi fundada por Estevão Ribeiro de Resende; primeiro Barão, Conde e depois Marquês de Valença. O Marquês nasceu em 20 de Julho de 1777, no Arraial dos Prados, Minas Gerais. Casou-se com Ilídia Mafalda de Sousa Queirós, dama de honra da Imperatriz, filha do brigadeiro Luiz Antônio de Souza Queiroz, fidalgo português residente em São Paulo (que chegou a ser considerado como a maior fortuna da província de São Paulo) e de Genebra de Barros Leite. Enganjou noivado quando Ilídia tinha apenas 7 anos de idade, por carta de procuração, contraindo matrimônio 7 anos depois. Após a morte do Marquês em 1856, a São Luiz passa para sua esposa Ilídia, a Marquesa de Valença, que também era dona da fazenda das Coroas. Em 1890 a fazenda pertencia a um dos onze filhos do casal, Amélia de Souza Resende, a Marquesa de Cambolas. Hoje, ainda há muitos vestígios de tempos áureos na fazenda; parte do calçamento original do terreiro de café, canaletas de pedra, por onde corria a água; e a ala direita da extensa senzala, que fechava todo o quadrilátero operacional do café.
Capela edificada em frente a casa sede no início do século XX, tinha como intuito espantar os fantasmas que dizem que assombravam a fazenda.

Um comentário:

Chandra Santos disse...

Muito legal a história! Parabéns pelo blog!! Você tem facebook? Me adiciona lá... O meu é chandra.santos.

Abraço

Chandra