Fazenda da Posse - Barra Mansa RJ

Em 1764, o Vice Rei do Brasil, D. Antônio Álvares da Cunha, concedeu uma sesmaria ao fazendeiro Francisco Gonçalves de Carvalho. Assim nascia nessas terras a primeira edificação da Vila de São Sebastião da Barra Mansa. Construída às margens do Rio Barra Mansa e do Rio Paraíba do Sul, a fazenda da Posse, datada de 1768, dedicou-se por cerca de vinte anos à agropecuária, produzindo leite, milho, mandioca e anil. A fazenda também serviu de pouso para tropeiros, que passavam pela localidade em direção à São Paulo e Minas Gerais. Por volta de 1800, já sob a administração do Sargento-Mor José Pereira da Cruz, foi construída ao lado da casa sede uma capela sob invocação de São Sebastião e, próximo a ela, um cemitério que continuou ativo até por volta de 1869. A Fazenda da Posse, durante o ciclo cafeeiro, passou ao Comendador João Pereira da Cruz, figura importante na história de Barra Mansa. Depois foi vendida ao Capitão José Simplício Ribeiro. Após passar por vários outros proprietários, a fazenda foi adquirida em 1970 pelo município de Barra Mansa. Durante os anos em que a Prefeitura foi responsável pelo local, nada fez para conservá-lo, e por pouco este patrimônio não desapareceu. Em 1991 toda a área da fazenda foi entregue ao SESI-RJ. Hoje, já não existe o cemitério e nem a Capela, mas o casarão, marco inicial da cidade, está restaurado e abriga o Centro de Cultura Fazenda da Posse.
Telefone: (24) 3322-3855
E-mail: fazendadaposse@uol.com.br

3 comentários:

Estação das Artes disse...

Linda Fazenda e espaço cultural. Visitem nosso blog também e mantenham-se atualizados sobre as exposições.

miriam carvalho disse...

Quero muito conhecer pois ela pertenceu ao meu trisavô José Simplício Ribeiro...pai da minha bisavó Rita....que maravilha....

cid ramos disse...

Verdade prima Miriam, minha mãe Alice sempre comentava sobre a fazenda de Barra Mansa, onde ia passear.