Fazenda Campos Elíseos - Rio das Flores RJ

Até 1851, a fazenda Campos Elíseos era conhecida como "Fazenda Bom Jardim", sua denominação foi mudada quando Peregrino José da América Pinheiro, o Visconde de Ipiabas, adquiriu a propriedade. Desde então a fazenda se tornaria uma das maiores produtoras de café da região, chegando a possuir 88 cativos trabalhando em 182 mil pés de café. O Visconde faleceu em sua fazenda do Oriente em 1882, no auge de seu prestígio e de sua fortuna. Fortuna esta composta na sua maioria por propriedades na Corte do Rio de Janeiro, casas e comércio em Valença; centenas de ações e grande quantidade de terras divididas em cinco grandes fazendas: Oriente, Campos Elíseos, Santa Rita, Conceição e São João. Com a morte do Visconde a Campos Elíseos coube à filha Maria Peregrina, casada com Manoel Vieira da Cunha, Barão da Aliança. Em 1895, o Barão vendeu a Campos Elíseos para adquirir outra fazenda, a Paraízo, também em Rio das Flores. Após a derrocada do Café no Vale do Paraíba, a fazenda dedicou-se à criação de gado leiteiro. Nos últimos anos a fazenda passou por uma completa restauração para abrigar o Hotel Fazenda, que hoje está desativado.

Um comentário:

Luby disse...

a campos elisio na decada de 50/70 foi de propriedade do meu avo..