Pharmacia Popular - Bananal SP

Inaugurada como Pharmacia Imperial em 1830 pelo boticário Francês Tourin Domingos Monsier, mudou de nome em 1889 após o fim da monarquia. Valeriano José da Costa, dono da farmácia naquela época, seguiu os conselhos dos republicanos e trocou Imperial por Popular. Sofreu uma única reforma no final do século XIX ganhando traços neoclássicos. Em 1922, a farmácia chega às mãos do farmacêutico Ernani Graça, pai do atual proprietário Sr. Plínio Graça, que assumiu a farmácia em 1956, após o falecimento de seu pai. O Sr. Plínio, que já foi duas vezes prefeito de Bananal, lembra de quando a estrada Rio-São Paulo passava em frente a farmácia, ”Bananal era outra coisa ” diz ele, ”Depois fizeram a Dutra e a cidade parou do dia para a noite ”. A farmácia conserva a fachada, a máquina registradora, a balança, as ânforas de cristal e os vidros com pós, raízes e pomadas, balcões feitos em pinho de riga, bancos de madeira de lei, e o chão todo revestido com ladrilhos franceses. Preserva também instrumentos originais, sais, tinturas e potes de porcelana da época do Império. Infelizmente, após a morte do Srº Plínio Graça, a farmácia foi fechada e todo o seu acervo foi vendido.
End.: Rua Manoel Aguiar, 156 - Centro.

5 comentários:

Christina Farmacêutica disse...

Pessoal,
Precisamos conservar este local histórico, tão vivo!
Segue um link para abaixo-assinado com esse propósito. Por favor, participem!

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/7266

Bene Blog disse...

PHARMACIA POPULAR
O acervo passa a ser uma luta da comunidade de Bananal-SP que se orgulha de ter em suas terras famosas essa preciosidade da História do Brasil.
Unidos venceremos.

Anônimo disse...

Penso que o abaixo assinado deixou de ter sua função. Estive em Bananal nesse final de semana e a farmácia já está fechada. Lamentável!

Anônimo disse...

Ola boa tarde

Gostaria de dizer e que essa noticia nao e mais verdadeira, no meio do ano passado o dono da farmacia Sr. Plinio faleceu e infelismente (nao sei quais as razoes), seu unico filho deu fim a um importante acervo historico da cidade, do vale do Paraiba e ate mesmo do Brasil. Soube por conversas com pessoas da cidade que apenas um mes apos a morte de seu pai, a farmacia foi fechada e em menos de um ano todo o interior da loja foi desfeito e vendido.
Hoje, quando alguem vai a Bananal visitar a cidade o que encontra e um predio fechado, do lado estao fazendo ate um estacionamento, e realmente inacreditavel o que aconteceu.
Segundo os moradores ao que tudo indica, havia uma richa entre pai e filho, o que teria motivado o fechamento da casa, segundo os moradores tambem, houve uma tentativa por parte de alguns orgaos em comprar o imovel porem sem sucesso. Nao sei se houve falta de vontade politica ou se foi negligencia, o que interessa mesmo nessa historia toda e que perdemos um importante acervo historico nao so de Bananal mas do Vale do Paraiba e ate mesmo do Brasil.
Todo essa informaçao foi colhida nesse ultimo sabado dia 21 de Abril de 2012, onde aproveitei o feriado para visitar a cidade levar minha esposa para conhecer essa cidade que possui tanta historia.

Lamentavel.

Anônimo disse...

como vai?
A Pharmacia Popular ( BANANAL SP)
(a mais antiga em funcionamento do Brasil) está fechada ou aberta para visitação?
porque eu e meus amigos temos grande interesse de entrar nela e de visita-la.

respeitosamente lhe pergunto se o Sr. sabe se o acervo ou algo da farmácia está a venda?

há algum projeto de tombamento do acervo completo e do predio em andamento?


se está fechada,quais os motivos? ela vai voltar a abrir para visitação normal do publico?
se esta aberta e funcionando normalmente,peço Por favor que me mandem os telefones de lá,e o endereço e horarios de funcionamento.

Agradecido.