Catedral de Sant'Ana - Barra do Piraí RJ

Construída em 1881 pelo fundador do município, o 3º Barão do Rio Bonito, José Pereira de Faro, sua pedra fundamental foi lançada em presença do Imperador D. Pedro II, quando visitou a Freguesia da Barra do Piraí, a convite do próprio Barão. O Barão realizou seguidas viagens ao Rio de Janeiro selecionando arquitetos, pintores e pedreiros estrangeiros para abrigá-los em suas propriedades em Barra do Piraí, sob condição de trabalharem na construção da Catedral de Sant`Ana . Seu lado externo é pintado de branco e a fachada frontal contém janelas e porta em formato de arco, com relógio circular localizado no frontão. Torre sineira em forma pontiaguda e desenhos em alto relevo na parede. O piso de tábua corrida e os bancos em formato de cadeiras presas umas às outras são originais. Toda a igreja é pintada a mão por importantes artistas do Império. Até a metade da parede, pinturas que lembram cortinas, na parte de cima, pinturas sacras, no teto, reprodução da imagem da Imaculada Conceição, de autoria de Murilo .A Catedral guarda ainda na sacristia um quadro a óleo de Vitor Meireles, retratando o 3º Barão do Rio Bonito, de propriedade da Mitra Diocesana. Possui dois lustres de cristal em forma de pingente. O altar-mor, todo folheado a ouro, com desenhos em alto relevo e boa luminosidade, apresenta a imagem antiga de Nossa Senhora de Santana, além de outras pequenas imagens .

Nenhum comentário: